domingo, 6 de dezembro de 2009

Cupcake que vale cada caloria adquirida

Eles são fofinhos, gostosos e super recheados. São os cupcakes (foto), os bolinhos que tem um recheio diferenciado e farto. A julgar pela qualidade eles devem conquistar de vez o gosto dos paulistanos. Pra quem não conhece, eles lembram aqueles mini bolos produzidos industrialmente ou ainda lembram um muffin.
Influenciado por uma matéria que saiu no guia do Estadão fui conhecer a nova loja das guloseimas chamada Wondercakes, aberta na região da rua Augusta, entre alamedas Tietê e Lorena. Foi uma grata surpresa, apesar dos preços altos (R$ 5,80 cada).
São 18 sabores de cupcakes, entre brigadeiro, limão, chocolate maracujá e o melhor de todos, no meu gosto, o com recheio de Baileys. Com um sabor bem acentuado do licor o bolinho é uma boa opção para uma tarde de compras no baixo-alto Augusta. Acompanhado do café, lá eles servem o Orfeu, é tudo muito divertido e colorido. O meu bolinho veio tão recheado que tive de usar uma colher. A única desvantagem é que ele se esfarela todo, então, cuidado com a roupa.
Li numa outra reportagem que em alguns casamentos em Sampa o bem-casado já era. O que tá na moda é o cupcacke. Será?! É difícil dizer qual é mais gostoso. Na dúvida, eu sugiro um cupcacke sabor bem-casado.
Aliás, o quadrilátero da Augusta onde fica a loja dos bolinhos está com novidades. Além deste templo das delícias que fica numa galeria charmosa da rua, ao fundo dela há um restaurante tipo bistrô e bastante interessante. Se chama Bistrô Crepe de Paris. Boas opções de pratos e atendimento esforçado.
Do outro lado da rua abriu uma unidade do Mercado Mundo Mix com lojas pop up (lojas com tempo certo para durar). São mais de 10 stands com marcas e preços interessantes.
Com a proximidade das festas de fim de ano são boas opções para circular pela região e conferir as novidades da cozinha e da moda.
Crédito da foto: site do Wondercakes
No próximo post o Parole entra no clima de Natal. Caso tenha sugestões, dê o seu pitaco abaixo.
Postar um comentário