quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Centenário da Basilicata rendeu novo café e restaurante







Ir ao Bixiga comprar pão italiano é quase um exercício religioso. Com a ampliação da padaria Basilicata, a missão ficou muito mais saborosa. A  loja apertadinha deu lugar a um amplo e charmoso galpão com restaurante inspirado no sul da Itália no segundo piso e capacidade para 90 lugares.

E aos 104 anos de idade, a Basilicata fincou a bandeira da alta gastronomia no coração do tradicional bairro italiano paulistano. Sob o comando de Rafael Lorentis, formado em gastronomia e com passagem por restaurantes na Europa, o chef é integrante da quinta geração da família do imigrante italiano Filippo Ponzio, que se instalou no Bixiga, construiu um enorme forno a lenha e abriu uma padaria em 1914.

Com a ampliação do espaço e um pé direito alto, a oferta de produtos ficou maior. São diversas prateleiras com massas importadas, latas de tomate italiano, azeites, conservas, salames e mortadelas, chocolates, torrones e os vinhos.

No salão térreo, onde se compra o pão, fica também um café, que serve sanduíches, doces tradicionais, drinques e pratos rápidos, além do espresso italiano. A Basilicata ganhou também um terraço externo, onde se pode tomar vinhos e drinques acompanhados de uma boa tábua de queijos e embutidos.
Postar um comentário