terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Café, uma paixão nacional

O brasileiro gosta de café. Expresso ou espresso, curto ou longo, com leite ou achocolatado, ou ainda drinques gelados a base do grão. É uma paixão nacional, é fato. Claro que tem muita gente que não gosta, mas em grande maioria a simpatia pelo café vem da infância, senão de gerações. Eu, por exemplo, sou viciado em café. Não que seja uma dependência física, mas é quase isso. E quer saber? Eu adoro esse vício. Melhor ainda ao ler um jornal pela manhã ou seguido de chocolates.
E não sou só eu não, conheço um montão de gente fissurados por café. Como os que elevaram a renda de consumo médio por pessoa em 2009, que chegou a 4,65 kg per capita. Em números, o País produziu mais de 39 milhões de sacas, sendo que só os brasileiros ficaram com 18,4 milhões delas para consumo interno. É café pra saciar muita gente!
E as previsões são de crescimento para o consumo interno. A estimativa é de ultrapassarmos a marca histórica (1965) de consumo médio por habitante de 4,72 kg.
Para escolher um bom café é fácil. Se a embalagem tiver o selo de pureza, a garantia de um expresso ou via coador mesmo, mais cremoso e encorpado é quase certo. A Abic, associação que reúne a indústria cafeeira, é a entidade que concede este selo e procura estimular ainda mais o consumo do café no país por meio de ações publicitárias e rodadas de negócios.
Se bateu aquela vontade de molhar o bico com um bom café. Minhas sugestões são:
Cafecito
Rua Simão Álvares, 112, Pinheiros - 11 3819-2429
Além do café, o alfajor e as empanadas são excelentes opções. O proprietário é um argentino, não estranhe os quadros com o ex-craque da seleção e, agora redondo técnico, Maradona.
Vó Sinhá
Rua Augusta, 2724 - Jd. Paulistano - 11 3062-5881‎
O expresso é uma delícia, mas o biscoito de polvilho com queijo e o bolo de fubá cremoso são fantásticos.
Wondercakes
Rua Augusta, 2542, Jd. Paulistano - 11 3063-1209
Especializada nos bolinhos decorados, os cupcakes (são mais de 15 opções), a loja serve o café Orfeu (R$ 3,30) e sua variação mais refrescante, batida com sorvete de creme e leite (R$ 8,70).
Postar um comentário