sábado, 2 de janeiro de 2010

Consumir maçã pode reduzir possíveis doenças

Junto ao ano que se inicia a promessa de uma dieta menos calórica e mais saudável é parte de muitos planos. Ainda mais quando o retorno é numa segunda-feira.
Diversos mitos cercam a cozinha na hora de consumir um prato saudável. Ouço muito falar que chá verde emagrece, que brócolis é um 'santo' remédio anticâncer, entre outras histórias.
Eu, por exemplo, ainda acredito que se conseguirmos compor um cadápio a base de frutas, verduras, carnes branca e vemelha magra, as possibilidades de não ter doenças são boas. Será?
Achei respostas interessantes no livro "Uma Maçã Por Dia", do canadense Joe Schwarcz. Nele, o escritor aborda polêmicas em relação aos alimentos e desfaz enganos comuns em nosso cotidiano. Como o costume de comer uma maçã por dia, que é rica em polifenóis e tem altas propriedades de antioxidantes. Segundo o autor, isso poderia manter o médico afastado.
A mensagem do especialista é clara: "Tenha uma dieta equilibrada, com muitas hortaliças e frutas, porque o atalhos talvez não funcionem."
No fundo eu defendo que o importante é comer de tudo um pouco (com moderação, claro), tentando elaborar um prato colorido nas refeições. Talvez assim seja possível encontrar um certo equilíbrio. (lembrando que o suco da fruta cai muito bem em drinques frios)
Postar um comentário