quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Feijão maravilha é com macarrão

Feijão Maravilha foi uma novela que passou no final da década de 70. Tinha como tema de abertura a música "O Preto que Satisfaz", cantado pelo grupo As Frenéticas. Tinha personagens interessantes, como o Chico Anysio na pele da senhora gaúcha chamada Salomé de Passo Fundo, que conversava por telefone intimamente com o presidente João Figueiredo. Uma polêmica à época.
A novela, assim como o feijão, marcaram muito a minha memória olfativa. Lembro do barulho da panela de pressão, o medo eterno dela explodir e levar minha casa pro alto (tipo desenho animado), e o cheirinho desse alimento tão saboroso.
Recentemente, em uma discussão sobre o que os participantes de um reality show estavam comendo numa das refeições, me intrigou. Era um prato de macarrão misturado com feijão. Sei que pra alguns parece uma aberração da culinária, mas pra mim é uma lembrança de refeição com familiares no interior de São Paulo. Passei anos torcendo o nariz pra esse mix de ingredientes até finalmente experimentar e me apaixonar.
Chefs renomados chamam esse estilo da gastronomia de 'italo-caipira', justamente por unir a tradição das duas cozinhas. E pegando o estímulo nesse assunto, resolvi testar uma receita super prática que vi no site do Mais Você (clique para ver).
O resultado é esse da foto e confesso, ficou divino. A receita leva carne cortada em cubos (patinho), tomates, polpa de tomate, molho inglês, ervas, caldo de carne, cebola e alhos picados. Tenta lá e Bom apetite!
Agora, se você num tem tempo pra tais experimentos e quer ir direto ao assunto. Minhas sugestões são: Restaurante Pomodori, do Jefferson Rueda, do qual a família é de S.J. do Rio Pardo, e o Bar Dona Onça, da Janaina Rueda (mulher do Jefferson), que arrasa nas receitas que vão na panela de pressão.
Postar um comentário