quarta-feira, 16 de junho de 2010

Viva a mamma!

Até o dia 4 de julho acontece no bairro do Brás, em SP, a tradicional Festa de São Vito. Há 92 anos a festividade, que foi criada por imigrantes oriundos de Polignano a Mare, na Puglia, região sul da Itália, movimenta o calendário da cidade. E claro, a culinária é o principal atrativo da festa, como em qualquer outra reunião desse animado povo.
A tradição é tão intensa que ganhou projeção internacional e serviu de inspiração para o jovem cineasta italiano Gianni Torres, que filmou a edição da festa de 2009 para mostrar a representativa dessa comunidade estabelecida no Brasil desde o final do século XIX.
O documentário, batizado de "Le Mamme di San Vito", apresenta depoimentos das “mammas” e de personagens históricos desses imigrantes, tendo como pano de fundo mostrar como a tradicional cozinha da Pugliesa auxilia milhares de crianças que são beneficiadas com as obras assistenciais da festa. São Vito, é padroeiro da cidade de Polignano a Mare,
A entrevista do cineasta pode ser vista no site da Revista Comunità Italiana, publicação que eu faço colaboração. Ele contou um pouco sobre como foi rodar este documentário e a importância desse intercâmbio cultural entre os dois países.
A 92ª Festa de São Vito acontece sempre aos sábados e domingos em duas formas: na rua Polignano a Mare e na Cantina, em uma área reservada. A cantina fica na rua Fernandes Silva nº 96, com capacidade para 540 pessoas. O custo individual para o sábado é de R$ 40 com direito a 1 antepasto, 1 prato de macarrão spaghetti ou ricchitelle, 1 ficazzella, cadeira e mesa.
Informações e reservas antecipadas: 11- 3227-8234 /3229-5678/ 3326-2957.
Postar um comentário