segunda-feira, 26 de março de 2012

Ponto Chic: um bar na história de São Paulo

A história do tradicional bar e restaurante Ponto Chic, conhecido pelo seu suculento sanduíche de Bauru, agora está registrado em um 'delicioso' livro. De autoria do jornalista Angelo Iacocca, com apresentação de Ignácio de Loyola Brandão, também apreciador da rede (hoje com três unidades), o título traça os principais momentos do desenvolvimento de São Paulo e seus movimentos políticos e artísticos.
O Ponto Chic foi aberto em 1922, no Largo do Paissandu, em plena ebulição artística e social da cidade e logo se tornou um dos 'hypes' da época. No livro, o leitor poderá acompanhar um breve panorama do começo do século XX, passando pelas décadas de 1920 a 1960. O jornalista aborda também a decadência da região central de SP, desde dos meados de 1970. A obra foi lançada pela Editora Senac São Paulo.
Além do conhecido lanche a rede conta também com um cardápio bastante rico de opções. A sugestão é o bife à parmegiana feito com queijos fundidos e artesanalmente lapidado sobre um suculento naco de filé mignon.
Postar um comentário