sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Restaurantes de SP se preparam para celebrar o Ano Novo judaico

Nos dias 18 e 19 de setembro será celebrado o Ano Novo Judaico, o Rosh Hashaná. A data marca a chegada do ano de 5770. Rosh Hashaná, literalmente “cabeça do ano” em hebraico, marca o início de um período de dez dias de orações e introspecção, que culmina no Iom Kipur, o Dia do Perdão.
Na data, a festa se prolonga à mesa com o preparo de refeições que remetem ao simbolismo da comemoração, onde se utiliza o açúcar e o mel para representar um ano doce. Em Rosh Hashaná, costuma-se fazer a chalá (um pão doce, pronuncia-se ralá) em forma redonda, como um símbolo da continuidade da vida, já que o círculo não tem início nem fim. Na Ucrânia, é costume fazer as chalot em forma de pássaros, simbolizando as asas da proteção Divina. Já em Divinolândia, interior do estado de SP, e minha cidade natal, onde uma pequena comunidade judaica se instalou no início da colonização da cidade, entre 1850 e 1910, a herança culinária e genética deixou bons frutos.
Minha mãe fazia sempre a chalá - no nosso caso chamamos de rosca mesmo - com cobertura de açúcar cristal ou canela. Uma delícia!!! Com mel, geléia, pura ou acompanhada de um bom café, melhor ainda.
Em São Paulo, onde se concentra a segunda maior comunidade judaica da América Latina com cerca de 70 mil judeus (Buenos Aires é a primeira), são diversas as opções para encomendar ceias e comprar presentes.
Algumas opções são: Empório Santa Luzia, AK Delicatessen, Empório Zilana, La Vie en Douce (Por Carole Crema), Empório Net Drinks. Todos com preços justos e opções que agradam sempre.
Shabat Shalom, Shaná Tová, Feliz 5770!!!
Postar um comentário